Sua língua na Internet

Índice

11.05 Tempos Simples

Estrutura do verbo

1. Examinemos os seguintes tempos do indicativo do verbo cantar:


Presente Pretérito Imperfeito Pretérito Mais-que-Perfeito
canto cantava cantara
cantas cantavas cantaras
canta cantava cantara
cantamos cantávamos cantáramos
cantais cantáveis cantáreis
cantam cantavam cantaram

Verificamos que todas as suas formas se irmanam pelo radical cant-, a parte invariável que lhes dá a base comum de significação.

Verificamos também que a esse radical verbal se junta, em cada forma, uma terminação, da qual participa pelo menos um dos seguintes elementos:

a) a vogal temática -a-, característica da 1ª conjugação

cant-a cant-a-va cant-a-ra

b) o sufixo temporal (ou modo temporal), que indica o tempo e o modo:

cant-a-va cant-a-ra

c) a desinência pessoal (ou número pessoal), que identifica a pessoa e o número:

cant-o cant-a-va-s cant-á-ra-mos

2. Todo o mecanismo da formação dos tempos simples repousa na combinação harmônica desses três elementos flexivos com um determinado radical verbal. Muitas vezes falta um deles, como:


  • a) a vogal temática, no presente do subjuntivo e, em decorrência, nas formas do imperativo dele derivadas:
  • cante, cantes, etc.;

  • b) o sufixo temporal, no presente e no pretérito perfeito do indicativo, bem como nas formas do imperativo derivadas do presente do indicativo:
  • canto, cantas, canta, etc.; cantei, cantaste, cantou, etc.; canta (tu), cantai (vós);

  • c) a desinência pessoal, na 3ª pessoa do singular do presente do indicativo (canta); na 1ª e na 3ª pessoa do singular do imperfeito (cantava), do mais-que-perfeito (cantara) e do futuro do pretérito (cantaria) do indicativo; e nestas mesmas pessoas do presente (cante), do imperfeito (cantasse) e do futuro (cantar) do subjuntivo, assim como nas do infinitivo pessoal (cantar).

Mas, salvo no caso em que a falta da desinência iguala duas pessoas de um só tempo, perturbando a clareza, a ausência de qualquer desses elementos flexivos é sempre um sinal particularizante, pois caracteriza a forma lacunosa pelo seu contraste com as que não o são.

Formação dos tempos simples

Para apreendermos melhor o mecanismo das conjugações, adotaremos aqui um vulgarizado artifício didático que consiste em admitir que o verbo apresente três tempos primitivos, sendo os outros deles derivados.

São tempos primitivos: o presente do indicativo, o pretérito perfeito do indicativo e o infinitivo impessoal.

Derivados do presente do indicativo

Do presente do indicativo formam-se:

1º) imperfeito do indicativo. É formado do radical do presente acrescido:

a) na 1ª conjugação, das terminações -ava, -avas, -ava, -ávamos, -áveis, -avam (constituídas da vogal temática -a- + sufixo temporal -va- + desinências pessoais);


b) na 3ª conjugação, das terminações -ia, -ias, -ia, -íamos, -íeis, -iam (constituídas da vogal temática -i-+ sufixo temporal -a- + desinências pessoais);


c) na 2ª conjugação, das mesmas terminações da 3ª, por ter a vogal temática -e- passado a -i-antes de -a-.


Assim, nos verbos cantar, vender e partir, temos:

Radical do Presente 1º Conjugação
cant-
2º Conjugação
vend-
3º Conjugação
part-

Pretérito Imperfeito do Indicativo

cant-ava vend-ia part-ia
cant-avas vend-ias part-ias
cant-ava vend-ia part-ia
cant-ávamos vend-íamos part-íamos
cant-áveis vend-íeis part-íeis
cant-avam vend-iam part-iam

Observação:

Fogem à regra acima os verbos ser, ter, vir e pôr, que fazem no imperfeito era, tinha, vinha e punha, respectivamente.

2º) presente do subjuntivo. Forma-se do radical da 1ª pessoa do presente do indicativo, substituindo-se a desinência -o pelas flexões próprias do presente do subjuntivo: -e, -es, -e, -emos, -eis, -em, nos verbos da 1ª conjugação; -a, -as, -a, -amos, -ais, -am, nos verbos da 2ª e da 3ª conjugação. Assim:


Pres. do Indicativo
1ª pessoa do singular
1º Conjugação
cant-o
2º Conjugação
vend-o
3º Conjugação
part-o

Presente do Subjuntivo

cant-e vend-a part-a
cant-es vend-as part-as
cant-e vend-a part-a
cant-emos vend-amos part-amos
cant-eis vend-ais part-ais
cant-em vend-am part-am

Observações:

  • 1ª) Dentre todos os verbos da língua, apenas os seguintes não obedecem à regra anterior: haver, ser, estar, dar, ir, querer e saber, que fazem no presente do subjuntivo: haja, seja, esteja, , , queira e saiba.
  • 2ª) Os verbos defectivos em que a 1ª pessoa do presente do indicativo caiu em desuso não têm presente do subjuntivo.

3º) imperativo. O imperativo afirmativo só possui formas próprias de 2ª pessoa do singular e 2ª pessoa do plural, derivadas das correspondentes do presente do indicativo com a supressão do -s final. Assim:

canta (s) vende (s) parte (s)
cantai (s) vendei (s) parti (s)

Observações:

1ª) Excetua-se o verbo ser, que faz (tu) e sede (vós).

2ª) Costumam perder o -e na 2ª pessoa do singular do imperativo afirmativo os verbos dizer, fazer, trazer e os terminados em -uzir; dize (ou diz) tu, faze (ou faz) tu, traze (ou traz) tu, aduze (ou aduz) tu, traduze (ou traduz) tu.

As outras pessoas do imperativo afirmativo, bem como todas as do imperativo negativo, são supridas pelas equivalentes do presente do subjuntivo, com o pronome posposto, quando usado:

Presente do Indicativo Imperativo
Afirmativo
Pres. do Subjuntivo
canto cante
canta (s) → canta (tu) cantes
canta cante (você) ← cante
cantamos cantamos (nós) ← cantemos
cantai (s) → cantai (vos) canteis
cantam cantem (vocês) ← cantem

Derivados do pretérito perfeito do indicativo

Do tema do pretérito perfeito formam-se os seguintes tempos:

1º) o mais-que-perfeito do indicativo, juntando-se as terminações (= sufixo temporal -ra- + desinências pessoais): -ra, -ras, -ra, -ramos, -reis, -ram:

Radical do perfeito
+ vogal temática
1º Conjugação
canta-
2º Conjugação
vende-
3º Conjugação
parti-

Pretérito
mais-que-perfeito
do indicativo

canta-ra vende-ra parti-ra
canta-ras vende-ras parti-ras
canta-ra vende-ra parti-ra
cantá-ramos vendê-ramos partí-ramos
cantá-reis vendê-reis partí-reis
canta-ram vende-ram parti-ram

2º) o imperfeito do subjuntivo, juntando-se as terminações (= sufixo temporal -sse- + desinências pessoais): -sse, -sses, -sse, -ssemos, -sseis, -ssem:

Radical do perfeito
+ vogal temática
1º Conjugação
canta-
2º Conjugação
vende-
3º Conjugação
parti-

Pretérito imperfeito
do indicativo

canta-sse vende-sse parti-sse
canta-sses vende-sses parti-sses
canta-sse vende-sse parti-sse
cantá-ssemos vendê-ssemos partí-ssemos
cantá-sseis vendê-sseis partí-sseis
canta-ssem vende-ssem parti-ssem

3º) o futuro do subjuntivo, juntando-se as terminações (=sufixo temporal -r- + desinências pessoais):-r, -res, -r, -rmos, -rdes, -rem

Radical do perfeito
+ vogal temática
1º Conjugação
canta-
2º Conjugação
vende-
3º Conjugação
parti-

Futuro do subjuntivo

canta-r vende-r parti-r
canta-res vende-res parti-res
canta-r vende-r parti-r
canta-rmos vende-rmos parti-rmos
canta-rdes vende-rdes parti-rdes
canta-rem vende-rem parti-rem

Observações:

1ª) O tema do pretérito perfeito pode ser obtido suprimindo-se a desinência da 2ª pessoa do singular ou da 1ª pessoa do plural:

canta(ste) fize(ste) vie(ste) puse(ste)
canta(mos) fize(mos) vie(mos) puse(mos)

2ª) Embora as suas formas sejam quase sempre idênticas, o futuro do subjuntivo e o infinitivo pessoal têm origem diversa, que deve ser conhecida para evitar-se a frequente confusão que se estabelece nos poucos verbos em que as formas são distintas: fizerfazer; forser; soubersaber; etc.


Derivados do infinitivo impessoal

Do infinitivo impessoal formam-se:

1º) o futuro do presente, com o simples acréscimo das terminações -ei, -ás, , -emos, -eis, -ão:

Infinito Impessoal 1º Conjugação
cantar
2º Conjugação
vender
3º Conjugação
partir

Futuro do presente

cantar-ei vender-ei partir-ei
cantar-ás vender-ás partir-ás
cantar-á vender-á partir-á
cantar-emos vender-emos partir-emos
cantar-eis vender-eis partir-eis
cantar-ão vender-rão partir-ão

2º) o futuro do pretérito, com o acréscimo das terminações -ia, -ias, -ia, -íamos, -íeis, iam:

Infinito Impessoal 1º Conjugação
cantar
2º Conjugação
vender
3º Conjugação
partir

Futuro do pretérito

cantar-ia vender-ia partir-ia
cantar-ias vender-ias partir-ias
cantar-ia vender-ia partir-ia
cantar-íamos vender-íamos partir-íamos
cantar-íeis vender-íeis partir-íeis
cantar-iam vender-iam partir-iam

Observações:

  • 1ª) Não seguem esta regra os verbos dizer, fazer e trazer, cujas formas do futuro do presente e do pretérito são, respectivamente: direi, diria; farei, faria; trarei, traria.
  • 2ª) O futuro do presente e o futuro do pretérito são formados pela aglutinação do infinitivo do verbo principal às formas reduzidas do presentee do imperfeito do indicativo do auxiliar haver: amar + hei, amar + hia (por havia), etc.

3º) o infinitivo pessoal, com o acréscimo das desinências pessoais: -es (2ª pessoa do singular), -mos, -des, -em:

Infinito Impessoal 1º Conjugação
cantar
2º Conjugação
vender
3º Conjugação
partir

Infinito Pessoal

cantar vender partir
cantar-es vender-es partir-es
cantar vender partir
cantar-mos vender-mos partir-mos
cantar-des vender-des partir-des
cantar-em vender-em partir-em

4ª) o gerúndio forma-se substituindo o sufixo -r do infinitivo pelo sufixo -ndo:



Infinitivo
Impessoal
1º Conjugação
canta-r
2º Conjugação
vende-r
3º Conjugação
parti-r

Gerúndio

canta-ndo vende-ndo parti-ndo

5ª) o particípio forma-se substituindo-se o sufixo -r do infinitivo pelo sufixo -do, sendo de notar que, por influência da vogal temática da 3ª, a da 2ª conjugação passou a -i-:

Infinitivo
Impessoal
1º Conjugação
canta-r
2º Conjugação
vende-r
3º Conjugação
parti-r

Gerúndio

canta-do vendi-do parti-do

Observação:

Os verbos dizer, escrever, fazer, ver, pôr, abrir, cobrir, vir e seus derivados formam o particípio irregularmente: dito, escrito, feito, visto, posto, aberto, coberto, vindo. Exclui-se prover, cujo particípio é provido.