Sua língua na Internet

 

A
A
A
A

(a.zor.ra.gue)

sm.

1. Açoite formado de uma ou mais correias entrançadas e munido de cabo; CHICOTE; LÁTEGO; VERGASTA: "Abominado mais do que o senhor cruel, que o muniu do azorrague desapiedado para açoitá-los e acabrunhá-los de trabalhos." (Bernado Guimarães, A escrava Isaura.)) : "...o marido de Sofia, armado de um azorrague de cinco pontas de couro, rematando em bicos de ferro, castigava-as despiedadamente." (Machado de Assis, Quincas Borba.))

2. Fig. Castigo físico ou moral; FLAGELO; PUNIÇÃO; SUPLÍCIO: "...o ridículo é a queda no charco; é o aviltamento sem compaixão; é o pelourinho mil vezes pior que o patíbulo; é o azorrague mais cruel que a guilhotina; é a morte pelo desprezo..." (Joaquim Manuel de Macedo, A luneta mágica.))

[F.: De or. obsc. Hom./Par.: azorrague(s) (sm.[pl.]), azorrague(s) (fl. de azorragar)]


Este serviço é um oferecimento de:




© Lexikon Editora Digital