Sua língua na Internet

 
Não foi encontrado o verbete "escravidA?o". Na ordem alfabética o verbete mais próximo do pesquisado ?

(es.cra.vi.dão)

sf.

1. Condição de quem é escravo; CATIVEIRO; ESCRAVATURA; SERVIDÃO

2. Sistema econômico e social baseado na escravização de pessoas e na exploração do trabalho de escravos: "...no panorama das línguas africanas faladas no Brasil à época da escravidão..." (Nei Lopes, "As línguas bantas e o português do Brasil", in Dicionário banto do Brasil))

3. Falta de autonomia; DEPENDÊNCIA; SUJEIÇÃO: "A marca porventura vislumbrada nas suas obras é a de Rodin, sem que isso denote absolutamente escravidão ao velho deus barbudo..." (Herman Lima, Outros céus, outros mares.))

4. Condição de quem é dependente de alguma coisa (paixão, vício etc.): O fumo era, para ele, uma escravidão.


[Pl.: -dões.]

[F.: escravo + -idão.]





A escravidão, sistema e condição social baseados na ideia de que um ser humano pode ser propriedade de outro para servir-lhe, fazer trabalhos pesados sem remuneração, ser por ele totalmente dominado (sendo, assim, privado de ter vontade própria, direitos ou dignidade), foi durante séculos aceita e praticada, mesmo em civilizações consideradas de alto nível cultural e humanístico. Surgiu, com a sedentarização do homem, nas atividades agrícolas e pastorais, que exigiam trabalho pesado, extenso e continuado. Eram arrebanhados como escravos os prisioneiros de guerra, estrangeiros conquistados, devedores insolventes e suas famílias etc. A escravidão foi praticada entre sumérios, assírios, egípcios, gregos e romanos, indianos, chineses e muitos outros. Estendeu-se por toda a Idade Média e início da era mercantilista, quando o comércio de escravos recrudesceu como atividade econômica. O descobrimento e a colonização da América juntou dois fatores: a necessidade de imenso trabalho braçal na colonização, exploração de riquezas e agricultura, e a presença das populações nativas, candidatas naturais à escravização. Mas sua grande resistência a esse processo obrigou os colonizadores das três Américas a trazerem escravos negros da África. Os Estados Unidos foram o primeiro país da América a abolir a escravidão, em 1863. O Brasil, após leis atenuantes do regime escravista (Lei do Ventre-Livre, Lei dos Sexagenários), aboliu a escravidão em 1888.