Sua língua na Internet

 

(lín.gua)

sf.

1. Anat. Órgão muscular móvel, situado na boca, que serve para sentir os sabores, deglutir e articular sons.

2. Qualquer coisa cuja forma lembra a desse órgão: "... Apareceram-lhes, então, línguas como de fogo..." (, Atos dos apóstolos in A Bíblia de Jerusalém))

3. Ling. Sistema de comunicação e expressão verbal de um povo, nação, país etc., que permite aos usuários expressar pensamentos, desejos e emoções; IDIOMA

4. O idioma vernáculo.

5. Maneira de falar ou escrever característica de um autor, movimento ou época; LINGUAGEM: a língua dos romancistas.

6. Maneira de se referir a outras pessoas: Tinha uma língua ferina.


sm.

7. Intérprete, tradutor.

s2g.

8. Bras. Pessoa que fala muito: "Era a maior língua do Açu. De tudo sabia." (José Lins do Rego, Pedra Bonita))

[F.: Do lat. lingua, ae. Ideia de 'língua': gloss(o)- (glossite); glot(o)- (glotocentrismo); -língue (monolíngue).]


Bater/dar com a língua nos dentes
1 Revelar segredo, contar o que não devia, confessar.


Com a língua de fora
1 Ofegante, ou em estado de grande e evidente cansaço; exausto.


Com língua de palmo
1 A contragosto, de má vontade: Mesmo que seja com língua de palmo, terá de cumprir a tarefa.


Cortar língua
1 Bras. Pop. Expressar-se ou comunicar-se usando língua estrangeira.


Dar a língua
1 Fig. Mostrar a língua (para alguém) estendendo-a para fora da boca, em sinal de desafio, desagrado, insulto, ou, também, como gracejo.


Dar à/de língua
1 Fig. Pop. Conversar descontraidamente, bater papo.
2 Ver bater/dar com a língua nos dentes.


Dar com a língua nos dentes
1 Ver bater/dar com a língua nos dentes.


Dar de língua
1 Ver dar à/de língua.
2 Ver bater/dar com a língua nos dentes.


De língua passada
1 Fig. Pop. Previamente informado (sobre algo); conluiado (com alguém).


Desenferrujar a língua
1 Pop. Após longo tempo calado, falar muito.


Dobrar a língua
1 Fig. Pop. Retirar ou corrigir o que se disse (ger. algo desrespeitoso, por solicitação do interlocutor): Dobre a língua quando se referir a meu irmão!
2 Bras. Tratar (alguém) ou falar (a alguém) com respeito, esp. retratando-se após advertência: Dobre a língua, seu atrevido, respeite os mais velhos!


Engolir a língua
1 Fig. Pop. Conter o impulso ou a vontade de dizer algo, de dar opinião, de se manifestar.


Enrolar a língua
1 Bras. Fig. Pop. Ficar calado.
2 Ao falar, não pronunciar completamente as palavras, por estar embriagado, drogado, neurologicamente comprometido etc.


Estar com a língua coçando
1 Querer muito falar algo, se manifestar, mesmo não podendo ou não devendo.


Língua afiada
1 Ver Língua de palmo.


Língua aglutinante
1 Ling. Língua em se combinam numa mesma palavra dois ou mais elementos que também existem de forma independente, com seus significados próprios. [Ex.: o japonês, o turco.]


Língua aglutinativa
1 Ling. Ver Língua aglutinante.


Língua ágrafa
1 Ling. Língua natural que não tem forma escrita.


Língua analítica
1 Ling. Ver Língua isolante.


Língua artificial
1 Ling. Língua criada para servir como língua auxiliar, entre grupos determinados, ou falantes de línguas diferentes, e que, embora possa conter elementos de línguas naturais, não tem falantes nativos nem se desenvolve espontaneamente. [Ex.: o esperanto, criado por Ludwig Zamenhoff. P.opos. a língua natural.]


Língua auxiliar (de comunicação)
1 Ling. Língua us. como meio de comunicação entre falantes de línguas diferentes; língua franca; língua internacional. [Ex.: o latim na Antiguidade, o inglês atualmente.]
2 Língua us. internacionalmente como meio de comunicação numa área específica.
3 Ver Língua artificial.


Língua azul
1 Gloss. Nome de uma língua artificial criada em 1899.
2 Vet. Certa doença de aves, em que a língua e mucosas da boca ficam azuis.
3 Vet. Certa virose que ataca gado bovino e ovino.


Língua brasileira de sinais
1 Língua brasileira de signos gestuais us. ger. por surdos.


Língua brasílica
1 Gloss. Antq. Termo atribuído nos sécs XVII e XVIII a qualquer língua indígena do Brasil.


Língua casual
1 Ling. Aquela que cujos nomes podem ter afixos (ger. sufixos) que representam funções, ou casos, gramaticais; língua declinativa. [Ex.: o alemão, o latim.]


Língua comprida
1 Ver Língua de palmo.


Língua comum
1 Ling. Língua que elimina diferenças regionais para servir de meio de comunicação entre os habitantes dessas regiões.
2 Conjunto de elementos linguisticos comuns entre dialetos semelhantes, us. por seus falantes como meio de facilitar a comunicação entre eles.
3 No processo de evolução de uma língua, estágio anterior ao de sua divisão em línguas e dialetos diferentes. [Ex.: o latim é língua comum em relação às línguas neolatinas.]


Língua da geleira
1 Geog. Rio gelado que provém de áreas nevadas


Língua declinativa
1 Ver Língua casual.


Língua de comércio
1 Ling. Pídgin.


Língua de contato
1 Ling. Língua que se forma e consequentemente se usa no contacto entre falantes de línguas diferentes; pídgin.


Língua de cultura
1 Ling. Língua de povos civilizados e cultos, na qual foram escritas as obras de sua literatura.


Língua de fogo
1 Chama, labareda.


Língua de gato
1 Buril com ponta em losango, para retoques em gravura.
2 Chocolate na forma de uma língua de gato.


Língua de palmo
1 Fig. A língua do fofoqueiro e mexeriqueiro, do indiscreto, do caluniador.
2 O fofoqueiro, o indiscreto o caluniador. [Sin. ger.: língua afiada, língua comprida, língua de prata, língua de trapo.]


Língua de palmo e meio
1 Fig. A língua do tagarela, do falastrão.


Língua de prata
1 Ver Língua de palmo.


Língua de peba
1 N.E. Joc. Punhal comprido.


Língua de sinais
1 Ling. Aquela cujos signos significativos são sinais e gestos (feitos com as mãos e o corpo, expressões faciais etc.) us. por deficientes auditivos, interlocutores de línguas diferentes etc. [Pode expressar estruturas complexas, a exemplo da língua falada. Ver tb. Língua brasileira de sinais.]


Língua de trapo
1 Ver Língua de palmo.


Língua d´oc
1 Gloss. Língua ou dialeto românico da região do sul do rio Loire, hoje província do Languedoc (França) [Cf.: Língua d'oïl.]
2 Gloss. O dialeto da Occitânia medieval, ou occitano.


Língua d´oil
1 Gloss. A língua francesa medieval e seus dialetos, falados do norte da França até o rio Loire, ao sul do qual se falava a língua d'oil. [Cf.: Língua d' oc.]


Língua do pê
1 Língua lúdica na qual a cada sílaba de uma palavra se acrescenta outra com os mesmos fonemas, mas na qual se substitui a primeira consoante por um p, ou se a antecede de um p se começar em vogal. [Cf.: Língua falada.]


Língua escrita
1 Ling. Transcrição de um conteúdo linguistico em signos gráficos de escrita (letras, sinais etc.) que representam os fonemas dessa língua num determinado sistema desses signos. [Ex.: língua de delinquentes, língua de policiais; língua de vaqueiros gaúchos etc.]
2 A estrutura, forma, maneira de expressão da língua escrita (1), diferente daquelas da língua falada, por ser ger. mais precisa e formal. [Cf.: Língua morta.]


Língua especial
1 Língua (mais precisamente o acervo vocabular de uma língua) que abrange termos us. especificamente por certo grupo profissional, regional, social etc. [Cf.: Língua escrita.]


Língua extinta
1 Língua que deixou existir, e da qual não há documentos.


Língua falada
1 Ling. A língua tal como é us. na comunicação oral, e cujas estrutura, forma, maneira de expressão difere das da língua escrita, por ser menos precisa e formal.


Língua flexional
1 Ling. Aquela na qual as variações gramaticais têm expressão em diferentes formas que assume a estrutura interna das palavras, ger. por meio de afixos que indicam essa variação; língua sintética, língua fusionante.


Língua franca
1 Ling. Ver Língua auxiliar (de comunicação) (1).
2 Termo que designa, especificamente, língua de contato constituída de elementos do árabe, espanhol, grego, italiano e turco, e que desapareceu no início do séc. XX. Sabir (1).


Língua geográfica
1 Med. Língua (órgão na boca) na qual houve perda de epitélio, o que resulta na formação de placas cercadas de espessamentos salientes do epitélio. [Nesta acp., tb. (em épocas posteriores) tupi, tupi antigo, tupinambá, guarani, tupi-guarani.]


Língua geral
1 Gloss. Termo com que portugueses e espanhóis designavam línguas nativas do continente americano.
2 Termo com que se designava, nos dos sécs XVI e XVII, línguas tupis faladas no litoral brasileiro, e em uma parte do sertão; língua brasílica.
3 Termo que, a partir do século XVIII, designa língua de contato, baseada nas palavras do tupi e com estrutura mais simples, falada entre índios falantes de línguas diversas, e entre estes e não índios.
4 Ver Língua franca.


Língua geral amazônica
1 Gloss. Língua derivada do tupinambá e extensamente falada na Amazônia brasileira, até as fronteiras de Colômbia, Peru e Venezuela; língua geral do Norte; nheengatu.


Língua geral de Mina
1 Gloss. Língua geral falada por escravos em Minas Gerais, no séc. XVIII.


Língua geral do Norte
1 Gloss. Ver Língua geral amazônica.


Língua geral do Sul
1 Gloss. Ver Língua geral paulista.


Língua geral paulista
1 Gloss. Língua geral desenvolvida do tupi, falada na região do alto rio Tietê e em S.Vicente; desapareceu de S.Vicente e do alto rio Tietê, e desaparecida a partir do séc. XVIII; língua geral do Sul.


Língua gestual
1 Ling. Lus. Ver Língua de sinais.


Língua histórica
1 Ling. Toda língua que, por ter sido documentada por escrito, permite seu estudo em qualquer fase de sua evolução e ao longo dessa evolução.


Língua internacional
1 Ling. Ver Língua auxiliar de comunicação.


Língua irmã
1 Ling. Cada língua de uma família de línguas derivadas de uma língua de origem comum. [O latim é a língua mãe do português.]


Língua isolada
1 Ling. Na classificação das línguas, língua não associável a línguas irmãs, constituindo, assim, sozinha, uma família. [Cf.: língua nativa e língua primária.]


Língua mãe
1 Ling. Em relação a uma língua qualquer, língua da qual esta deriva.


Língua materna
1 Ling. Para uma pessoa, a primeira língua ela aprende, ger. por ser a de sua mãe, e falada no ambiente no qual nasceu.


Língua morta
1 Ling. Língua não mais em uso, por motivos diversos, como o desaparecimento de todos os seus falantes, ou por ser se tornado minoritária num contexto multilíngue(como o gaélico), ou por ter evoluído para outras línguas (como o latim). [Cf.: língua materna.]


Língua não-natural
1 Ling. Ver Língua artificial. [P.op. a língua artificial.]


Língua nativa
1 Ling. Língua que originalmente é a de referência de um indivíduo para com uma comunidade e sua cultura, ger. (mas não necessariamente) a língua materna.


Língua natural
1 Ling. Toda língua que se desenvolveu naturalmente da capacidade humana de expressão verbal e das necessidades de comunicação que as relações humanas implicam


Língua negra
1 Bras. Transbordamento de esgoto que atinge a areia da praia. [Em certos casos pode haver mais de uma.]


Língua neolatina
1 Ling. Qualquer das línguas derivadas do latim (como o português, o catalão, o dalmático, o espanhol, o francês, o franco-provençal, o galego, o gascão, o italiano, o provençal, o reto-romeno, o romeno, o sardo); língua românica.


Língua oficial
1 Ling. A língua adotada nos órgãos de domínio público de um país, seus documentos, seus pronunciamentos etc.
2 Língua autorizada por organismo internacional para uso no âmbito desse organismo, em seus pronunciamentos, suas publicações etc. [Cf. língua aglutinante e língua flexional.]


Língua pídgin
1 Ling. Língua de contato que reúne elementos de várias línguas, us. ger. para fins comerciais; língua de comércio; pídgin.


Língua polissintética
1 Ling. Língua ao mesmo tempo flexional e aglutinante (como o náuatle).


Língua presa
1 Med. Pop. Anormalidade anatômica congênita na qual a língua está aderente ao palato ou ao assoalho da boca.


Língua romance
1 Gloss. Ver língua românica.


Língua românica
1 Gloss. Ver língua neolatina; língua romance.


Línguas clássicas
1 Ling. Termo que designa o latim e o grego. [Cf. língua-suja.]


Língua solta
1 Bras. Pop. Atrevimento ou descomedimento no falar; aquele que a pratica.


Língua suja
1 Fig. Linguagem obscena, uso descomedido de linguajar vulgar, de palavrões.


Língua tonal
1 Ling. Língua na qual diferentes entonações dão distintos significados a palavras que, fora isso, são iguais entre si.


Língua veicular
1 Ling. Ver segunda língua.


Língua vernacular
1 Ling. Ver língua materna.


Língua viperina
1 Fig. Malícia ou maldade no uso das palavras; o caráter de quem fala mal dos outros com más intenções, que diz calúnias ou faz intrigas.
2 Pessoa maliciosa, que fala mal dos outros.


Língua viva
1 Aquela que, estando em pleno uso como meio de comunicação natural, está sempre em transformação, com o surgimento de novas palavras ou novos significados, ou a obsolescência de outros, ou com variações de estruturas sintáticas etc.


Má língua
1 Fig. Maledicência, fofoca. [Mais us. no pl.]


Meter a língua
1 Fig. Pop. Criticar, maldizer.


Meter a língua no fim do espinhaço
1 Bras. Chulo Calar-se.


Morder a língua
1 Conter-se e não dizer o que já ia dizendo.


Na ponta da língua
1 Fig. Sabido, compreendido, bem estudado ou decorado, e por isso bem presente na memória para ser expresso, comunicado, respondido etc.: Foi à entrevista com todo o seu projeto na ponta da língua: Tinha seu papel na peça na ponta da língua.
2 Sem demora, de imediato (ao responder): Ouviu a acusação e contestou-a na ponta da língua.


Não falar a mesma língua
1 Fig. Ter ideias ou interesses diferentes (dos de outrem), ou não se entender (com outrem).


Não ter papas na língua
1 Pop. Falar sem rodeios; dizer tudo o que sabe.


Pagar pela língua
1 Fam. Passar por dissabores, constrangimentos etc. a que se referiu como sendo de outra(s) pessoa(s) (ao falar mal dela(s), fofocar, fazer previsões gratuitas etc.) ou que não considerou em suas previsões


Pegar-se a língua (a alguém)
1 Não ocorrer a alguém o que tem para dizer; gaguejar, tartamudear.


Puxar pela língua de
1 Estimular alguém a falar, a dar opinião: Criticou o desempenho do colega e pagou pela língua, ele é quem foi advertido: Fez planos mirabolantes e pagou pela língua, nada deu certo
2 Levar alguém a dizer algo, recorrendo a manobra ou ardil.


Segunda língua
1 Ling. Em relação a alguém, outra língua que não a materna, us. ger. em certas circunstâncias ou para fim específico.


Solto de língua
1 Tagarela, desbocado, mexeriqueiro, fofoqueiro etc.


Ter a língua maior que o corpo
1 Fam. Ser tagarela, indiscreto, mexeriqueiro.


Ter debaixo da língua
1 Fig. Pop. Estar quase a se lembrar de algo a ser dito.


Trocar de língua
1 Conversar, bater papo.

Explore seu vocabulário com o Aulete

Gosto

Substantivo

sabor,gusto,saibo,ressaibo,travo,prova,provança,provadura,gustação,degustação,delibamento,percepção do sabor;papila gustativa paladar,palato,céu da boca,língua,dente.

Adjetivo

sápido,saboroso,saporífico,saporífero,gustativo;palatal,palatino,palatinal.

Verbo

provar,petiscar,gostar,chincar,levar à boca,morder,degustar,pregustar,libar,assaborar,saborear,dar dentadas,cravar os dentes,prelibar,lamber os beiços;saber,ter o sabor de,ressaber,deixar um sabor.

Advérbio

Provérbio

Interjeição

Frase

Gosto não se discute.

Conjunção

Linguagem

Substantivo

locução,fala,expressão,palavra,Frase,Fraseologia;discurso;língua,idioma;língua-mãe,língua materna,língua nativa,língua vulgar,língua natural,língua original,vernáculo,calão,portuguesismo,lusitanismo,gíria,dialeto;língua de Camões,língua de Shakespeare,língua de Racine,língua de Horácio,língua de Dante;confusão das línguas,Babel,pasigrafia,escrita universal,pantomima (sinais);onomatopeia,mimologismo;línguas mortas: latim,sânscrito;signo,semântica,semiótica,símbolo,signo,semantema,léxico,lexicografia,dicionário,dicionário analógico,vocabulário,glossário,gramática;locução,expressão,código,sigla,sinal;gesto,semáfora,código morse,metáfora,eufemismo,figuras de linguagem,figuras de estilo,metonímia,catacrese,peeríFrase,sinestesia;linguística,filologia,glossologia,glotologia,glótica,crestomatia,paleologia,paleografia,glossografia,gramática comparativa,literatura,letras,belas letras,musas,quadrívio,humanidades,literæ humaniores,república das letras,Atenas,república literária,clássicos,quinhentistas,seiscentistas,erudição;poliglotismo,poliglota,dom das línguas,linguista (douto);plebeísmo.

Adjetivo

lingual,linguístico,dialético,vernacular,poliglótico,literário,glossológico,idiomático,pasigráfico,glótico;semântico,léxico;trilíngue,bilíngue.

Verbo

exprimir-se,falar a mesma língua.

Advérbio

Provérbio

Interjeição

Frase

Conjunção